Últimas Notícias

Seleção brasileira é definida para fase continental da Federation Cup

A seleção brasileira que irá jogar o Zonal Americano da Federation Cup, principal competição entre países do tênis feminino, está definida. Beatriz Haddad, Gabriela Cé, Nathaly Kurata e Luisa Stefani são os nomes da equipe, que disputará um lugar no Grupo Mundial II entre os dias 7 e 10 de fevereiro, em evento que será realizado no Paraguai.

 

Boa Haddad, atualmente em 71º do ranking mundial, não disputou a competição no ano passado, quando a seleção quase foi rebaixada. Na ocasião, estava machucada. De volta, pode ser a líder do país na luta pela única vaga do zonal para a repescagem do Grupo Mundial II. Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, Paraguai, Porto Rico e Venezuela.

 

– Mais uma vez vamos tentar buscar o título da Fed Cup. Temos sempre algumas equipes bem complicadas, como a Argentina, a Colômbia. O Paraguai também, até por ser sede e por ter uma jogadora em grande fase, a Verònica Ceped. Esse ano contamos novamente com a Bia, recuperada e em um bom momento. Com a Gabriela Cé, que pode jogar simples e dupla. Com a Kurata, que é uma jogadora perigosa e teve um bom ano de 2017. E com a Luisa Stefani, que é uma jogadora bem jovem, que está jogando muito bem dupla, um grande reforço. Então, acho que o time do Brasil está muito parelho – disse o capitão Fernando Roese.

 

Neste século, a seleção brasileira venceu duas vezes o Zonal Americano, em 2004 e 2014. Nos dois casos, perdeu na repescagem, não conseguindo vaga no Grupo Mundial. No formato da Fed Cup, o Grupo Mundial I reúne as oito melhores seleções, enquanto o Grupo Mundial II tem outros oito times. Há ainda as divisões continentais, que dão vaga ao Grupo Mundial.

 

GloboEsporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.